Equipe de Robótica cria um Projeto de Lei para reduzir desperdício de água



Como parte do Torneio Regional de Robótica Lego, os estudantes do Inspirados - equipe representante do Instituto Nossa Senhora da Piedade - precisaram pesquisar maneiras sustentáveis de economizar água e propor uma solução real para a situação.



Diante do desafio, o grupo decidiu desenvolver o trabalho sob a perspectiva do uso de algodão orgânico nas confecções nacionais e, como complemento do conteúdo pesquisado, receberam uma das percursoras do conceito no Brasil, a consultora têxtil, Isaura Ferreira. Durante a conversa com os estudantes, Isaura explicou que, inicialmente, a diferença da quantidade de agrotóxicos usados para produzir o algodão sintático e o orgânico. "Por serem nocivos à saúde e em grande quantidade, o processo de lavagem desse material, quando sintético, exige muita água. Inclusive na limpeza dos aviões que os transportam". Completando, Isaura afirmou que há agrotóxicos também nos orgânicos, porém, em quantidade controlada.


Tal diferença, que chega a 91%, foi o fator que instigou os estudantes a pesquisar sobre o material e, segundo a líder da equipe, Cristiane Girão, exigiu uma reunião para propor a solução exigida pela coordenação do torneio. "Decidimos criar um Projeto de Lei que visa reduzir os tributos que são aplicados a esses fornecedores e incentivar a produção do algodão orgânico também como forma de diminuir a quantidade de agrotóxicos nos lençóis freáticos", completa Cristiane.


O Projeto de Lei dos estudantes está em fase de Ideia Legislativa e precisa de vinte mil assinaturas para entrar em pauta nas votações necessárias. Para assinar a petição, clique aqui.